Caminhos para se produzir uma introdução para a redação nota mil
Voltar
A produção da introdução do texto dissertativo-argumentativo deve ser iniciada após realizados os questionamentos fundamentais para direcionamento de sua Tese. Se você ainda não sabe como realizar os procedimentos iniciais, antes mesmo de se iniciar a escrita do texto, assista ao vídeo a seguir:

Decidida qual a posição a ser tomada ao longo do texto, você irá em seguida produzir a sua Tese, a ideia central de seu texto, preferencialmente, contendo problemas a serem apresentados ao logo do texto e solucionados ao fim, durante a conclusão. A frase a seguir, por exemplo, poderia ser a ideia central de um texto, sobre o tema:
Desafios para a democratização do acesso à educação e cultura no Brasil”.
O acesso ainda insuficiente à educação, somado aos altos índices de analfabetismo funcional, tem tornado a democratização da cultura um enorme desafio cuja resolução é imprescindível à plena cidadania brasileira. Este enunciado possui, claramente, dois aspectos que serão abordados durante a argumentação, cada qual em um respectivo parágrafo. Desse modo, o segundo parágrafo do texto iria apresentar informações e argumentos relacionados ao “acesso ainda insuficiente à educação”. Já o terceiro parágrafo do texto abordaria o analfabetismo funcional ou a democratização da cultura enquanto desafio a ser solucionado.
Por fim, o quarto e último parágrafo apresentaria propostas de intervenção ligadas diretamente às abordagens anteriores, propondo soluções que busquem ampliar o acesso à educação (problema 1) e soluções que busquem maior democratização da cultura (problema 2), por exemplo. Vamos voltar à introdução, ela ainda não está concluída.
Além da tese apresentada, é necessário introduzi-la por meio de um contexto. Este contexto pode ser histórico (O estabelecimento da Educação Básica e gratuita como obrigatória pela constituição de 34, no Brasil – por exemplo), social (O surgimento de Organizações Educacionais não Governamentais Comunitárias), atual (como eventos recentes ligados ao corte de verbas na educação) ou ainda conceitual (a definição de educação e sua importância na sociedade, por exemplo).
Vamos escolher uma proposta histórica, neste caso. Assim nossa introdução já possui dois dos três elementos fundamentais. Contexto e Tese.
Estabelecida na Constituição 34 a Educação Básica gratuita no Brasil foi um dos grandes passos para se conseguir a concretização de uma sociedade mais justa e dotada de capacidade crítica em face à democracia necessária frente à manutenção de tradições e patrimônio cultural. O acesso ainda insuficiente à educação, somado aos altos índices de analfabetismo funcional, tem tornado a democratização da cultura um enorme desafio cuja resolução é imprescindível a saúde social brasileira.
Entretanto, ainda precisamos adicionar um conectivo, adequado a situação de uso, (neste caso usaremos um conectivo de adversidade) para realizar a união entre o contexto e a tese. O conetivo, usado adequadamente, irá garantir a coerência e a coesão textual.
Nossa introdução completa, pronta para ser passada a limpo ficará assim:
Estabelecida na Constituição 34 a Educação Básica gratuita no Brasil foi um dos grandes passos para se conseguir a concretização de uma sociedade mais justa e dotada de capacidade crítica em face à democracia necessária frente à manutenção de tradições e patrimônio cultural. Todavia, mesmo com significativos esforços governamentais e implementação de políticas públicas de ação afirmativa, O acesso ainda insuficiente à educação, somado aos altos índices de analfabetismo funcional, tem tornado a democratização da cultura um enorme desafio cuja resolução é imprescindível à plena cidadania brasileira.
Lembre-se a introdução necessariamente deve possuir esses três elementos, CONTEXTO, CONETIVO e TESE.

VÍDEO EM DESTAQUE

Play Video

Como conferir minha redação? Checklist da nota 1000!